Um instrumento de Deus visita a AELCA

 A AELCA recebeu ontem, 29/12 a visita de um “ilustre desconhecido”, porém alguém que Deus utilizou a muito tempo atrás para firmar o primeiro contato que viria a dar origem a AELCA. Visitou-nos o Sr. Elmiro Martin, que em 17/10/1965(espero que minha memória não falhe), segundo seus registros, visitou a região com outros alunos do Seminário Concórdia e encontrou-se com Dna Maria Eva, então cuidadora de crianças no local que hoje existe a AELCA. Seus registros ficaram guardados até pouco tempo, “desconhecidos até da família”, conta, quando lembrou, num encontro da Liga de Leigos Luteranos do Brasil, em Guarapari e falou com um amigo mútuo,  o Pr Edgar Züge, que lhe falou da nossa instituição e lhe deu contatos. Seu Elmiro imaginava que já poderíamos estar completando 50 anos. Na verdade, após aquele encontro, levou mais três anos para se consolidar a parceria e a fundação da AELCA em 10/11/1968. Ao seu Elmiro nossa gratidão pela visita e por nos mostrar com seus relatos como Deus trabalha melhor do que nós e que cada iniciativa vale a pena e Deus as faz frutificar, como fez com aquele contato que originou a AELCA. Bênçãos de Deus seu Elmiro e sua família. O nosso visitante faz questão de lembrar de pastores e amigos que estiveram envolvidos naquela empreitada e na sequência. Mas para não cometer erros opto por não mencionar nomes para não esquecer de nenhum. Caso algum amigo desse momento se identifique e tenha algum registro, pode nos remeter ou fazer contato via [email protected] e/ou [email protected] Ou ainda deixar seu comentário abaixou do post. Se não antes, em fevereiro daremos retorno. Abençoado 2016. Essa visita foi um belo fechamento para o ano de 2015, muito difícil, porém Deus nos sustentou e nos fez chegar até o presente momento. Soli Deo Gloria – somente a Deus glória.

A diretora Elaine com seu Elmiro

Este momento histórico não poderia perder na condição de Capelão da AELCA, testemunha de quanto Deus fez pela AELCA após aquela visita do seu Elmiro e amigos à Vila Jardim.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.